Instrumentos

Alguns dos Instrumentos utilizados em nossas vivências e sessões meditativas e terapêuticas são:

Diapasões



Os “Diapasões” eram originalmente usados para afinar instrumentos musicais pelo fato de emanarem perfeitos padrões de som de onda senoidal que permitem ajustar os instrumentos ao tom apropriado. Quando você toca um Diapasão, você pode notar que o ar ao redor do garfo vibra, enviando frequências vibratórias muito fortes através do ar.
Por conta disso, os Diapasões foram adotados por curandeiros e terapeutas que os utilizam para aumentar a quantidade de energia em partes do corpo que estão efermas ou desequilibradas.
Eles também são usados na cura energética, por exemplo, colocando-os nas proximidades dos diferentes “Chacras” ou centros de energia localizados ao longo da coluna. Esses centros de energia também são onde os centros nervosos são encontrados ao longo da espinha que enviam impulsos para os diferentes órgãos; assim, ao energizar essas áreas, você estimula os órgãos a uma atividade maior de saúde.

____________________

Gongos



Os Gongos são Instrumentos Milenares que, segundo pesquisas históricas e científicas, tem suas origens  na Região Sudeste da Ásia, em Países como China, Myanmar, Vietnã, Indonésia e Ilha de Java. Há indícios da Utilização dos Gongos que remontam 3500 a.C.
Os Gongos são instrumentos sonoros ancestrais que trazem consigo uma vasta utilização ao longo do tempo.
O gongo tem desempenhado um papel importante em cerimônias, rituais, e nas jornadas
interiores entre todos os povos do mundo.
O “banho” de gongo, é uma forma de terapia sonora por ressonância, onde o gongo é tocado não batendo com força, mas usando uma técnica onde o som fique contínuo, causando um som suave de um modo terapêutico para proporcionar cura e regeneração.
O gongo tocado da forma certa e pelo tempo certo pode realinhar novamente a estrutura doente para saudável.
Os gongos são feitos de harmônicos, portanto vibram cada particular do ser, cada uma tem seu tom de ressonância. Como o gongo é feito de muitos tons em cascata, ele consegue alcançar cada ínfima partícula.
Mentalmente, ocorre a regeneração da “bainha de mielina” no cérebro.
Isso provoca catarse ou limpeza a nível profundo, exteriorizando traumas, proporcionando uma oportunidade única de acessar e lidar com essas questões.

____________________

Tigelas de 7 Metais Sagrados



As “Tigelas de 7 Metais Sagrados”, popularmente conhecidas como “Tigelas Tibetanas” ou “Sinos Tibetanos”, representam o som belo, profundo, melodioso e penetrante do “Dharma”, que desperta os discípulos do sono profundo da ignorância e os incita a batalhar pelo seu próprio bem-estar e o bem-estar dos outros.
Esses sete metais têm grande importância no sistema alquímico de cura e também estão associados astrologicamente a sete planetas ou corpos celestes diferentes; ou seja, Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Estes também correspondem a certas qualidades-chave ou personalidades dos seres humanos, conforme descrito na astrologia. Os sete metais são: ferro, cobre, zinco, latão, mercúrio, ouro e prata.
Utilizados massivamente em rituais em todo o Oriente, incluindo o Nepal, Índia e Tibete.
Trabalham em frequências específicas, relacionadas aos Chakras, com alto grau de vibração, penetram profundamente na matéria e corpo doente, vibrando e realinhando a estrutura em questão, isso a nível físico. A nível mental, equalizam hemisférios cerebrais.

____________________

Tingshas



“Tingshas” são pequenos címbalos usados ​​em orações e rituais por praticantes espiritualistas e budistas tibetanos. Dois pratos são unidos por uma correia ou corrente de couro. Os pratos são unidos produzindo um tom claro e agudo. Tamanhos típicos variam de 2,5 a 4 polegadas de diâmetro. Tingsha são muito grossas e produzem um tom de toque longo e único.
As Tingshas de boa qualidade são feitas de ligas de bronze especiais que produzem sonoridade imersiva e duradoura.

____________________

Tigelas de Cristal



Tigelas de cristal são feitas de 99,992% puro quartzo esmagado e aquecido a cerca de 4000 graus em um molde centrífugo.
Elas estão disponíveis em taças claras ou foscas em uma variedade de tamanhos, variando de 6 a 24 polegadas de diâmetro. As taças emitem uma ressonância poderosa e pura. Possui ressoar demorado, simplesmente por causa do tamanho e da quantidade de cristal.
O tamanho da tigela não determina necessariamente sua nota, mais pode determinar as oitavas que ressoam. Cada taça é testada com tecnologia digital para identificar o seu som e possui uma nota musical/mostragem de frequência específica. As notas C, D, E, F, G, A e B correspondem aos 7 centros de energia (Chakras) principais.
Algumas tigelas se harmonizam com outras tigelas e, quando ambas são tocadas simultaneamente, o efeito é excelente e sinérgico.

____________________

Pirâmides Sonoras de Cristal



A geometria sagrada das antigas pirâmides e os harmônicos do cristal de quartzo transparente, criam incríveis e únicas vibrações de cura.
São ferramentas sonoras poderosas, maravilhosas para limpar e energizar nossos campos energéticos. Essas pirâmides sonoras de cristal ajudam a ativar o novo padrão do cosmos e ajudam a ancorar essas energias em nossa consciência. Proporciona condições adequadas para se afinar à vibrações altamente elevadas.

____________________

Tambores



Os Tambores são possivelmente os primeiros instrumentos sonoros/musicais da humanidade. Encontrados em registros de praticamente todas as culturas da antiguidade, é fortemente associado a processos de cura física e espiritual. São utilizados para afastar más energias e para trazer e levar forças específicas que atuam na regeneração da saúde física, emocional, mental e espiritual. Tem o poder de acalmar e excitar os ouvintes, devido à sua capacidade de alinhar os batimentos cardíacos. Trabalha com os Chakras mais densos, como o básico e o sexual. Estimula movimento e fluxo energético.

____________________